Janeiro, Gratidão, Reis Magos e Sorteio

2018 foi um baita ano… Aconteceu tanta coisa que não registrei como deveria, mas vivi com muito amor e intensidade.

Como muita gente sabe, participo de um núcleo setorial, o Grupo Teia – Rede de Trabalho Artesanal, dentro de uma associação comercial, a Microempa, aqui em minha cidade. No final de 2017 nosso grupo foi selecionado em um edital que nos escrevemos, através da CACB, Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil, e fomos contempladas na 2ª fase do Projeto Empreender, o Empreender Competitivo. Um dos principais objetivos do edital é viabilizar ações e capacitações previamente indicadas pelas empresas participantes do grupo, e torna-las mais competitivas no mercado. O edital subsidia a maior parte do valor apresentado no projeto para a realização das ações, o restante é investido do caixa das empresas participantes, ou seja, a gente não ganha nada, a gente investe e tem {na minha opinião} a obrigação de fazer esse investimento dar retorno, tanto pelo fato de investirmos do próprio bolso, como do fato de recebermos dinheiro público que subsidia parte do projeto. São 2 anos de planejamento e execução, com metas e objetivos muito claros. Entre a euforia da seleção, em dezembro de 2017, e o início da execução das ações, em abril de 2018, minha expectativa estava nas alturas. A medida que as ações começaram a se acumular {por que a gente planejou feiras, capacitações, mentoria, muitas coisas mesmo}, percebi que a responsabilidade aumentou ainda mais, e o tempo parecia correr mais depressa, e para uma pequena empresa, nesse caso uma MEI, que depende inteiramente de 1 só pessoa, a produção por diversas vezes ficou em stand-by para dar conta dos compromissos e agendas definidos para as ações do projeto. Mas enfim… Foi um ano corrido, mas fantástico.

REUNIÃO DO GRUPO TEIA – 2018

Mas, quem sabe outra hora escrevo com mais detalhes cada uma das ações que fizemos dentro do Projeto Empreender Competitivo. O fato é que hoje é o último dia de janeiro de 2019, última hora, para ser mais exata. E não queria deixar passar o primeiro mês desse ano {que chegou chegando, mostrando que será MA RA VI LHO SO} sem o registro da gratidão por tantas coisas incríveis e oportunidades fantásticas que tem surgido em minha vida e em meu trabalho. O fato é que em 2017 {leia os posts Dia de Reis, é dia de presentear e O sorteio, o ajudante e o bordado} e 2018 {leia o post Dia de Reis e a tradição continua}, fiz o gancho do Dia de Reis, 06 de janeiro, que também se comemora o Dia da Gratidão, para fazer um sorteio entre as pessoas que acompanham meu trabalho. E quero sempre ter essa referência do dia 06 de janeiro como um dia especial para mim, minha família e meu trabalho.

SORTEIO DE 2017
SORTEIO DE 2018

Dessa forma, quero também em 2019 fazer um sorteio. Obaaa!!!

Porém, esse ano quero dar a quem for contemplada, ou contemplado, a opção de ganhar um lencinho bordado com sua inicial ou aprender comigo a fazer o bordado do lencinho. Tenho recebido muitas solicitações de dicas e aulas de pessoas que querem aprender a bordar. Não tenho conseguido agenda para um curso ou aulas regulares, mas quero muito ajudar a mais gente a encontrar os benefícios que o bordado pode trazer para nossa vida. Dessa forma, se a sorteada ou sorteado optar por aprender a bordar, disponibilizarei uma aula presencial {se for em Caxias do Sul} ou on line para ensinar o passo-a-passo para a confecção do zero o bordado do lencinho do sorteio.

Para participar do sorteio, você deve:

  1. Curtir a página Um Pontinho no Facebook: clique aqui.
  2. Compartilhar em modo público a foto oficial do sorteio no Facebook: clique aqui.
  3. Enviar mensagem para o WhatsApp (54) 991178240 com seu nome completo e cidade com a mensagem: EU QUERO O LENCINHO CATE  (se você quiser ganhar o lencinho) ou EU QUERO APRENDER O BORDADO CATE (se você quiser ganhar uma aula de bordado para aprender a bordar).
  4. Se você não usa o WhatsApp, após compartilhar no Facebook, envie a mensagem para o email cate@umpontinho.com.br com seu nome completo / cidade / telefone de contato)
  5. Cruzar os dedos e torcer

ATENÇÃO: CADA PARTICIPANTE, APÓS FAZER AS ETAPAS ACIMA, RECEBERÁ UM NÚMERO PARA A PARTICIPAÇÃO NO SORTEIO.

CHANCE EM DOBRO PARA JÁ CLIENTES UM PONTINHO {SEGUIDAS AS REGRAS, RECEBE 2 NÚMEROS <3 }. 

O sorteio será realizado no dia 17/02/2019, as 21h, e divulgado na Página do Facebook e no Instagram Um Pontinho. Serão válidas participações até as 19h do dia 17/02/2019.

E então… O que você prefere? O lencinho, para dançar na Vacaria 2020 {hehehe} e secar suas lágrimas de felicidade, ou aprender a bordar e criar outros tantos bordados maravilhosos? Espero tua mensagem, você é parte de minha gratidão. <3

Dia de Reis e a tradição continua

Amanhã, dia 06 de janeiro, comemora-se o Dia de Reis.

No alvoroço do fim de ano, entre compras de presentes, comilanças de ceias, selfies na praia e bebelanças exageradas, os verdadeiros motivos pelos quais se comemora o Natal acabam muitas vezes se perdendo. Imagine só, uma tradição tão singela como os Ternos de Reis.

Em um tempo antigo, onde a simplicidade do meio rural era a regra e não a exceção, o dia 06 de janeiro findava o Ciclo Natalino. Entre cantigas poéticas e música característica, criava-se a expectativa desejada da visita de uns “cantadô”, que traziam a simbologia da bênção para o início de um ano novo.

Segundo obra de Paixão Côrtes, sobre a qual falei no post Dia de Reis, é dia de presentear, o dia de troca de presentes nas comemorações natalinas nos primórdios da vida social no Rio Grande do Sul, era no Dia de Reis {o que faz mais sentido – na minha opinião – uma vez que remete a simbologia de quem levou ao Menino Jesus mirra, ouro e incenso}.

Trazendo novamente essas referências, nunca esquecendo minhas origens rurais {das quais me orgulho muito <3}, achei uma maneira de, assim como no ano passado, passar a diante essa tradição {mesmo que de forma virtual}. Desejo retribuir com um presente as pessoas que acompanham meu trabalho com os pontinhos. E vou fazer isso através de um SORTEIO… Ueba!!!

Quer ganhar esse camafeu da foto? Participa do sorteio!!!

Para participar do sorteio, você deve:

  1. Curtir a página Um Pontinho no Facebook: clique aqui.
  2. Compartilhar em modo público a foto oficial do sorteio no Facebook: clique aqui.
  3. Enviar mensagem para o WhatsApp (54) 991178240 com seu nome completo e cidade com a mensagem EU QUERO O CAMAFEU CATE (ou para o email cate@umpontinho.com.br com seu nome completo / cidade / telefone de contato)
  4. Cruzar os dedos e torcer

ATENÇÃO: CADA PARTICIPANTE, APÓS FAZER AS ETAPAS ACIMA, RECEBERÁ UM NÚMERO PARA A PARTICIPAÇÃO NO SORTEIO.

CHANCE EM DOBRO PARA JÁ CLIENTES UM PONTINHO {SEGUIDAS AS REGRAS, RECEBE 2 NÚMEROS <3 }. 

O sorteio será realizado no dia 24/01/2018, na Oficina  de Bordado na Microempa e divulgado na Página do Facebook. Serão válidas participações até as 12h do dia 24/01.

E mais uma vez me despeço com gratidão pelo ano de 2017, que se findou com tantos desafios e oportunidades. Gratidão a cada um que acompanha meu trabalho e me encoraja para sempre continuar. Que todos tenhamos um 2018 cheio de boas energias, com as bênçãos do criador. Que possamos conquistar o mundo, sem nunca esquecermos de onde viemos.

“Eu festejo o Ano Novo

Com muita simplicidade

Deus do céu lhe dê saúde

E muita felicidade”

Se preferir, ouça esse post aqui.

O sorteio, o ajudante e o bordado

Sexta-feira passada, dia 13, realizei o sorteio do pingente bordado, conforme havia prometido no post do Dia de Reis. Toda sexta-feira a tarde eu faço companhia para meu Vô João, que nas idas de seus 90 anos, necessita de companhia em tempo integral e a sexta-feira é o meu compromisso com ele. Por esse motivo, nas sexta-feiras acabo chegando em casa {cerca de 35 Km de distância da casa de meu avô} um pouco tarde, e entre descarregar o carro {carrego sempre muita coisa}, arrumar uma coisa aqui, outra ali, dar banho no João e outros tantos compromissos domésticos que uma mãe/esposa/bordadeira posa ter, paro mesmo depois da meia-noite.

Como havia firmado compromisso com tantas pessoas que curtiram e compartilharam o post, queria sim fazer na data combinada, mas quis fazer algo cheio de sentido e carinho, como toda essa movimentação gerada em função dessa pequena promoção me proporcionou. Eu poderia ter usado ferramentas digitais, sites de sorteio e essas parafernálias todas que estão o tempo todo pipocando na nossa frente quando usamos a internet, mas como foi nosso primeiro sorteio via blog e como {pelo menos por enquanto} foi possível fazer uma lista com os participantes, analisar, pensar, revisar, convoquei meu ajudante, o João Augusto, para fazer parte desse momento singelo. Mais do que isso, quis compartilhar com meu filho a alegria que tenho com meu trabalho, quis vivenciar momentos reais com ele, deixando o virtual como coadjuvante.

Da lista de mais de 75 compartilhamentos, 52 foram válidos, então escrevemos os números manualmente.

 

Exercitamos a escrita do João. Seu conhecimento dos números as vezes se embaralha, mas acredito que faça parte do aprendizado.

 

Em determinado momento o ajudante se cansou de escrever…

 

Recortar exercita a motricidade e a concentração. E aí eu ganhei uma daquelas frases tão cheias de gostosura que nossos pequenos dizem, que dá vontade de fazer um quadro pra nunca mais esquecer:

 

E ele curtiu tanto quanto eu!

 

E então:

 

E assim, a Nadia Beatriz Vieira, aqui de Caxias do Sul, foi a contemplada com o pingente bordado.

 

Farei a entrega ainda essa semana para a Nadia e como disse a ela ao telefone, desejo que esses pontinhos tragam muita sorte a ela, assim como tem trazido a mim. Certamente se não fosse o bordado não teria a oportunidade de compartilhar sentimentos e pensamentos tão positivos e verdadeiros com tanta gente que se identifica através dessa arte milenar. Certamente também não teria feito um sorteio tão divertido ao lado do assistente mais amado desse mundo. Depois de encerrarmos essa promoção, ficamos “sorteando” coisas até quase 01 hora da manhã. João inventava coisas para sortear, inventava os nomes a serem sorteados, eu escrevia, recortava, colocava no copo, ele tirava o papelzinho e anunciava o ganhador. Até nossos carneiros entraram na brincadeira.

Como diz a linda música Trem Bala, de Ana Vilela:

Não é sobre tudo que o seu dinheiro
É capaz de comprar
E sim sobre cada momento
Sorrindo a se compartilhar

Dia de Reis, é dia de presentear

“Até então, a família gaúcha pastoril, louvava o nascimento de Jesus Menino, com orações, no presépio: cantava Ternos de Reis, saboreava uma especial ceia e assim festejava o Natal na intimidade dos próprios membros da sua Santa-família, com muita alegria, amor e paz, seguindo a tradição de origem açorita, e sem a escravidão obrigatória do presentear. E quanto da satisfação de presentes, correspondia a 6 de janeiro. momento histórico das oferendas dos Reis Magos, e não no dia de Natal, como na comemoração atual.”

Esse é um trecho da publicação Tirando Reses no Natal Pampeano, de J. C. Paixão Côrtes. Livreto esse que tive a honra de contribuir para a edição no ano de 2000, no qual Seu Paixão fala um pouco sobre a tradição pastoril do Rio Grande do Sul na época natalina.

 

Desde então {confesso}, tenho certa resistência a figura do Papai Noel. Gosto mesmo do sentido do Natal, da possibilidade de reflexão, da reunião familiar, da junção de gente querida.

Encerrando os festejos de nascimento de Jesus, comemoramos em 06 de janeiro, Dia de Reis.

Na vida rural em nosso passado {não exclusividade do Rio Grande do Sul} grupos de pessoas festejavam com música, visitação, comida boa e presentes. Mais do que o dia de desmontar a árvore, Dia de Reis também é dia de reflexão, é dia de festa, de visitar amigos, de presentear.

Comemorando essa data tão cheia de sentido, lembrando que é dia de presentear, vou sortear um pingente com pontinhos.

 

Para participar do sorteio, você deve:

  1. Curtir a página Um Pontinho no Facebook: clique aqui
  2. Compartilhar em modo público esse post no Facebook
  3. Cruzar os dedos e torcer

O sorteio será realizado na próxima sexta-feira, dia 13/01/2017 e divulgado na Página do Facebook. Serão válidos os compartilhamentos até as 12h do dia 13/01.

Me sentindo abençoada, rodeada de gratidão, me despeço, nesse post com versos e oração:

Tinha Deus determinado / A humanidade remir / Libertando-a do pecado / E lhe dando outro porvir

Reclinado no presépio / Cheio de glória e de luz / Fruto da Virgem Maria/ Está o menino Jesus

Agora mesmo cheguemos / A beira de seu terreiro / Viemos para cantar / No dia seis de janeiro